Movimentos urbanos e direito a moradia: comentários sobre “as cidades rebeldes” de David Harvey

  • Irineu Bagnariolli Junior Universidade Federal do ABC

Resumo

Este trabalho tem como objetivo produzir breves reflexões sobre o livro de David Harvey “As cidades Rebeldes”, de 2013, publicado no Brasil em 2014. O livro constitui-se basicamente numa compilação analítica de artigos dotados de encadeamento, sobre as insurreições populares surgidas contemporaneamente nos grandes centros urbanos, e o ideal da cidade inclusiva, suas causas e consequências. Harvey destaca o papel desses movimentos na luta contra o contra hegemônica antiliberal e anticapitalista, e afirma serem estas ações coletivas fundamentais na perspectiva de uma revolução urbana transformadora. A obra abrange temas amplos e dotados de diferentes características. Abordamos quatro aspectos, desenvolvidos por Harvey, que julgamos fundamentais para compreensão de seu pressupostos: a) a importância do autor e seu trabalho, para a compreensão da sociedade contemporânea; b) a concepção de Harvey sobre o direito a cidade, a partir da obra de Lefebvre; c) a crítica a forma como se produzem as cidades, a partir da lógica da acumulação e reprodução do capital e; d) uma visão dos movimentos sociais como instrumentos indispensáveis na luta contra hegemônica antineoliberal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Irineu Bagnariolli Junior, Universidade Federal do ABC

Sociólogo, Cientista Político, Mestre em Urbanismo pela FAU/USP, doutorando em Planejamento e Gestão do território pela UFABC, Professor de Sociologia Jurídica e Ciência Política da USJT.

Publicado
2015-01-03
Como Citar
Junior, I. B. . (2015). Movimentos urbanos e direito a moradia: comentários sobre “as cidades rebeldes” de David Harvey. Revista Da Faculdade De Direito Da Universidade São Judas Tadeu, (3), 74-89. Recuperado de https://revistadireito.emnuvens.com.br/revistadireito/article/view/34
Edição
Seção
Artigos